→ 30 Passos de Como Morar nos Estados Unidos Legalmente em 90 Dias [GARANTIDO]

Muitos brasileiros querem saber como morar nos Estados Unidos legalmente. Existem algumas diferentes opções e quero detalhar aqui nesse artigo.

Por falar em Estados Unidos, tenho visto alguns colegas próximos ganhando bastante dinheiro comprando produtos dos Estados Unidos e revendendo no Brasil.

Isso tudo sem precisar ir nos Estados Unidos e comprando TUDO MUITO MAIS BARATO. Para te dar mais detalhes, eu escrevi esse artigo aqui sobre o “Máquina de Vendas USA”.

Voltando, é bem importante que você tenha um plano detalhado do que fazer para conseguir morar nos Estados Unidos legalmente.

Não é algo que você vai apenas mandar o seu currículo vitae ou abrir uma conta no banco e está tudo resolvido.

Para te ajudar, esse artigo será um resumo dos 30 passos de como morar nos Estados Unidos legalmente.

Saiba mais: Já pensou em comprar o Iphone 8 e o Iphone X mais barato e ganhar dinheiro revendendo os produtos?

Saiba mais: A Técnica que vai Fazer Você Falar Inglês em Poucos Meses que o Curso de Inglês NUNCA vai te Ensinar!

brasileiros em Portugal

Mas antes de eu contar como morar nos Estados Unidos, me diga uma coisa. Você está:

  1. Cansado da sua vida no Brasil?
  2. Não aguenta mais tanta insegurança e quer sair de casa sabendo que vai voltar tranquilo mais tarde?
  3. Cansado de tanta corrupção?
  4. Não vê um bom uso do tanto de imposto que você paga todo mês?

Se você respondeu SIM! para ao menos uma dessas perguntas, fique até o final desse artigo que eu vou te revelar e mostrar um vídeo com o passo a passo de como morar nos Estados Unidos legalmente.

Porque Morar nos Estados Unidos?

Uma pergunta que sempre me fiz é o porque que muitas pessoas querem morar nos Estados Unidos.

Tive um pouco das minhas respostas conversando com americanos que trabalham ou trabalharam em uma das empresas que trabalhei.

Outras respostas vierem de uma viagem que fiz com a minha esposa esse ano para visitar o meu irmão, que mora nos Estados Unidos.

Juntando tudo isso em alguns tópicos, espero que isso te dê mais expectativas de saber como morar nos Estados Unidos legalmente:

  1. Altos salários comparados com o resto do mundo e boa chance de guardar dinheiro
  2. Baixa disparidade entre salários dependendo do nível hierárquico
  3. Língua inglesa facilita o que muitos têm estudado desde criança
  4. Oportunidades para vários tipos de profissões
  5. Diferentes tipos de vistos podem ser aplicados
  6. Tendência ao empreendedorismo, abrir empresa e ter seu próprio negócio
  7. Variedade de climas dentro de um mesmo país: você pode ir do norte mais frio ao sul mais quente
  8. Multiculturalidade, o que faz com que encontre outros brasileiros morando nos Estados Unidos e amenize a saudade de casa

Ainda tem vários outros tópicos que poderia ficar listando aqui, mas com certeza esses já nos dão vontade de morar nos Estados Unidos.

Saiba mais: O seu planejamento para mudar para os Estados Unidos em 90 DIAS

Brasileiros nos Estados Unidos

Por falar nisso, vi uma estatística que mais de 1 milhão de brasileiros moram nos Estados Unidos e o número continua aumentando.

Muitos ainda estão loucos para morar nos Estados Unidos, mas não tem a mínima ideia do que estão fazendo. Acabam indo com visto de turista achando que pode trabalhar. Ou ter o visto de turista de 10 anos e acham que podem ficar lá todo esse tempo, o que não é verdade.

A ideia desse artigo e te mostrar alguns passos e te capacitar de maneira adequada:

  1. Se você quer morar nos Estados Unidos legalmente para trabalhar, que você vá com o visto de trabalho
  2. Caso você queira ir estudar nos Estados Unidos, que busque a melhor forma de como conseguir o visto de estudante
  3. Se você for para passear, que vá com o visto de turista
  4. Ou se deseja abrir uma empresa nos Estados Unidos, que faça isso da forma correta

Não importa qual das formas que você vai morar nos Estados Unidos, eu te recomendaria guardar um pouco de dinheiro para as seguintes contas:

  1. Preço da passagem (depende do tempo em antecedência que você compra; para qual cidade dos Estados Unidos; e para quantas pessoas você vai comprar passagens aéreas)
  2. Custo de tirar o visto (depende de cada visto e para quantas pessoas)
  3. Bom também ter um dinheiro guardado para 2 ou 3 meses de despesas, incluindo dinheiro de hotel ou aluguel

No mais, foi assim que o Diogo Esteves começou. E agora ele preparou um passo a passo para você saber como morar nos Estados Unidos legalmente.

Saiba mais: Conheça o programa “Mude para os Estados Unidos Começando do ZERO!

Divisão dos Passos do Planejamento Adequado

Que esse artigo seja um início da sua nova era em busca de uma melhor qualidade de vida para você e sua família.

O planejamento dos 90 dias para você ir morar nos Estados Unidos foi dividido em 3 partes, com 3 vídeos diferentes, com orientações bem simples de seguir:

  1. Planejamento dos primeiros 30 dias: esse é o pontapé inicial que já vai te mostrar o que a maioria das pessoas não sabem por onde começar. Aqui você vai saber o que precisa fazer para fazer um planejamento adequado.
  2. Planejamento até os 60 dias
  3. Planejamento dos últimos 30 dias até você chegar nos Estados Unidos

Você vai ver que são 30 passos extremamente simples, mas que se colocados em ordem e você decidir segui-los, eles transformarão a sua vida.

Mas fique ciente que esses passos não vão funcionar para todos que lerem esse artigo. Eles vão funcionar para as pessoas que estão comprometidas com a maneira adequada com planejamento, tempo e parte financeira ajustada.

Se você está pensando em como morar nos Estados Unidos indo como turista e ficando ilegal, pode fechar essa página pois esse artigo não é para você!

Saiba mais: Ferramentas e Conhecimentos Específicos para Morar nos Estados Unidos

Esse Processo é Fácil?

Bom, se fosse simples e fácil ninguém faria. Mas ela não é impossível. Ela precisa ser ajustada da maneira adequada, seguindo os passos, para no final você ter sucesso.

E se você acha que vai ler esse artigo e assistir o vídeo e automaticamente sua vida vai se transformar, você está equivocado. Você vai precisar de muita dedicação para seguir os 30 passos e confiança de que o processo vai dar certo.

Porém o primeiro passo disso tudo é acreditar que vai dar certo! Já deu certo para vários outros brasileiros de diferentes interesses e classes sociais. O que você precisa fazer é seguir os passos com bastante dedicação.

Quanto Você Precisa de Dinheiro?

Uma recomendação do Diogo é que se você não tem o capital adequado para se mudar para os Estados Unidos, então não mude.

Vale mais você juntar o dinheiro primeiro e ter o mindset adequado para não se meter em dívidas e não torrar o dinheiro todo logo que chegar ou na primeira viagem de visita ao Brasil.

Quanto ao valor, vale o que foi dito acima: um bom início é ter o dinheiro da passagem, o custo do visto e gastos para os 3 primeiros meses.

Não se esqueça de contabilizar o número (e os gastos) das pessoas que irão com você.

Os 30 Passos de Como Morar Legalmente nos Estados Unidos em 90 Dias

Dia 1 – Reunião da Mudança

Aqui é o pontapé inicial para a sua mudança para os Estados Unidos onde vocês vão começar a discutir as mudanças.

Esse processo de visualização inicial é bem importante para dar um ânimo nos momentos seguintes mais difíceis.

Dia 2 – Definir Finalidade da Mudança

No dia 2 você vai definir qual o objetivo da sua mudança:

  1. Estudo
  2. Trabalho
  3. Investir
  4. Abrir um negócio

Esse é um ponto crucial aliado ao mudança de mindset que você precisa ter para começar a agir para fazer essa experiência valer a pena.

Segundo o Diogo contou no primeiro vídeo abaixo, essa mudança mal sucedida ocasiona diversos problemas:

  1. Perda de dinheiro
  2. Perdendo a família (filhos com raivas dos pais, marido e mulher vivem brigando até o divórcio)
  3. As expectativas ficaram lá no alto e na verdade não eram aquilo tudo inicialmente “planejado”

Dia 3 – Escolha do Visto

Aqui você precisa analisar qual tipo de visto você vai escolher.

Visto de Trabalho

Por exemplo, se você quer ir para os Estados Unidos para trabalhar, a maioria das pessoas usam 2 tipos de visto:

  1. H2B – visto temporário de trabalho: você vai ser contratado, por exemplo, por uma estação de ski para trabalhar por um curto período. A cada 6 meses esse vídeo pode ser renovado, seja ele pela mesma empresa que te contratou ou não. Esse visto pode ser estendido para até 3 anos e, dentro desse período, você pode ir analisando como você vai fazer para aplicar para um novo tipo de visto que te deixe morar nos Estados Unidos em um prazo maior. A desvantagem desse visto é que ele não vai te dar o direito a ter o Green Card.
  2. H1B – visto de trabalho especializado: esse é um visto mais difícil de conseguir. O empregador precisa provar que não tem nenhum americano que tem a capacidade de preencher esse trabalho. O visto H1B, no prazo adequado, pode te levar a residência e, depois, ao Green Card.

Uma recomendação do Diogo é você primeiro aplicar primeiro para o visto H2B (pode pesquisar pelo Google quais empresas estão contratando profissionais com visto H2B). A partir daí você pode mandar um email para as empresas (exemplo: estações de ski) e pergunta como é o processo e diz que precisa do apoio deles para conseguir o visto.

O segundo ponto seria aplicar para o visto H1B na sua qualificação profissional, já tendo um melhor nível de inglês e ter feito muito network na sua área.

Visto de Estudante

Caso você queira aplicar para o visto de estudante, esse é o visto F1 (F2 para os seus dependentes). O visto F1 estará ligado a escola que for estudar e não te permitirá trabalhar (apenas dentro da própria escola se tiver disponível).

Uma parte interessante do visto F1 é que ele é transferível para outras escolas ou instituições caso o seu estudo acabe. Exemplo: você pode transferir o visto da escola de inglês para uma faculdade e cursar os anos nessa faculdade. Daí caso você queira fazer um mestrado, ele também pode ser transferido depois da faculdade. Porém como você não pode trabalhar, você tem que buscar se manter durante todo esse tempo.

Visto de Investidor

E caso você esteja com a finalidade de morar nos Estados com um visto de investidor (no futuro ter a residência e ter a cidadania americana no futuro), o seu visto será o EB5. Você precisa ter disponível 500 mil dólares e mais o dinheiro de aplicação do visto. Com esse visto, entre 9 e 12 meses você pode conseguir sua residência nos Estados Unidos.

Visto de Negócios

Se você ter, por exemplo, cidadania italiana ou espanhola, o visto E2 pode ser para você. Esse é o visto para pessoas nascidas em países que têm tratado comercial com os Estados Unidos para abrir um negócio e desenvolver o seu trabalho nos Estados Unidos. Porém eles não dão direito a residência americana.

Já outro visto empresarial interessante é o visto L1 caso você tenha uma empresa no Brasil e quer abrir uma filiar nos EUA. Nesse caso a empresa “te envia como executivo” para começar a empresa nos Estados Unidos. O visto L1 vai te dar o direito de ter residência americana. Como exemplo, os pais do Diogo Esteves tiraram visto de residência nos Estados Unidos com o visto L1.

Dia 5 – Documentação Brasileira

Nesse passo você precisa analisar o que você vai fazer com a sua documentação brasileira (título de eleitor, CPF, imposto de renda, etc.). É importante você deixar tudo alinhado para não ter dor de cabeça depois.

Dia 8 – Planejamento Financeiro

No dia 8 você precisa começar a botar na ponta do lápis (ou na planilha Excel) os gastos que você vão ter com casa, carro, viagens, visto e etc. Porém, cuidado com as informações que você acha na internet devido a grande quantidade disponível.

Vale analisar o quanto você tem guardado e como você vai conseguir alcançar os gastos colocados no papel para viver uma vida sem sacrifícios. Além de saber como morar nos Estados Unidos legalmente, não vale a pena viver no sufoco.

E lembre-se de cobrir os valores e gastos tanto na saída do Brasil quando na vida nos Estados Unidos.

Dia 12 – Tirar o Passaporte (caso não tenha)

Esse tópico pode parecer lógico e muitos de vocês podem já ter feito esse passo. Porém ainda tem muitos brasileiros que querem morar nos Estados Unidos e não tem passaporte.

Você pode depois conferir nesse site aqui da Polícia Federal os documentos que você precisar para tirar o seu passaporte.

Dia 15 – Escolher Cidade de Destino

Agora que desde o começo você já realizou que quer sair do Brasil e está buscando como morar nos Estados Unidos legalmente, você precisa escolher a cidade de destino.

Alguns pontos valem a pena ser detalhados aqui na escolha da sua cidade nos Estados Unidos para morar:

  1. Você prefere frio ou calor? Lembre-se que quando se fala frio nos Estados Unidos é ter nevascas em muitas cidades
  2. Não só baseado na temperatura, outro ponto interessante que passei a dar mais atenção é entre local seco e úmido
  3. Faz sentido para você estar em cidades com custo de vida mais alto? O motivo que você quer ir morar nos Estados Unidos legalmente detalhado acima passa por estar em cidades com alto custo de vida? O seu orçamento vai te agradecer se estiver em um local mais barato

Dia 18 – Escolher Dia de Chegada nos Estados Unidos

Agora você coloca uma data para a sua chegada nos Estados Unidos. Mesmo que você não consiga chegar para morar nos Estados Unidos nessa data, ao menos você teve uma orientação para se balizar.

Caso você já tenha visto outros artigos meus aqui do site ou vídeo no canal do Youtube, eu já falei algumas vezes sobre ter um objetivo SMART: específico, mensurável, alcançável, realístico e ter um tempo definido. Esse tempo definido que estou detalhando aqui: o dia da sua chegada nos Estados Unidos.

Até porque você vai ver em alguns dos passos mais abaixo que vai chegar uma hora que você vai precisar vender seu carro, sua casa, fechar as contas, etc. e, para isso, você precisa ter um dia de partida em mente.

Dia 22 – Levantamento de Patrimônio

Aqui você vai analisar o que de capital e bens você tem hoje para te ajudar nesse processo de como morar nos Estados Unidos legalmente:

  1. Você tem alguma casa para colocar a venda? Ótimo pois terá um dinheiro para se manter no começo
  2. Você tem um dinheiro guardado no banco?
  3. Analise os gastos que você vai ter ao longo da caminhada, como já discutido acima
  4. Lembre de que você vai transformar esses valores em reais para dólar

Dia 30 – Venda de Patrimônio

Se você tem uma casa, é o ideal que você comece a procurar o corretor para colocar a venda no dia de hoje, o 30o dia desse processo de como morar nos Estados Unidos legalmente.

Como a casa é mais difícil de vender do que o carro, vale a pena colocar a casa a venda primeiro.

Outros bens mais fáceis ainda de vender, como móveis, podem ficar um pouco mais para frente.

Dia 31 – Reunião de Atualização

Dando início aos pontos intermediários da sua jornada para morar nos Estados Unidos legalmente, você vai fazer uma nova reunião familiar para atualizar a correria dos processos até o dia 30.

Essa organização dentro da reunião é importante para saber o que está dando certo e o que está dando errado nesse caminho.

O principal detalhe é saber se você está seguindo o plano acima do jeito que precisa seguir ou tem algum ponto atrasado que precisa realinhar.

Dia 32 – Qualificação para Envio de Capital

Muitas pessoas acham que tirar dinheiro do Brasil é apenas ir no banco e mandar a quantidade de dinheiro que quiser para o exterior.

O problema é que não é assim que funciona e costuma complicar a maioria das pessoas que estão vindo morar no exterior.

Muitas delas esperam até os “45 minutos do 2o tempo”, quando precisam ir no banco fazer um pagamento ou até ver os detalhes para fechar a conta no futuro. Só que nesse momento já é tarde caso você precise enviar um volume maior que 10 mil dólares para os Estados Unidos.

Por isso, você precisa passar por um processo de aprovação para poder enviar o seu capital para os Estados Unidos.

Um outro problema é que você precisa pagar uma conta em muito pouco tempo e o processo de aprovação pode demorar mais de 1 semana.

E como esse processo é bem burocrático, um dos pontos é que você precisa provar que o dinheiro está declarado normalmente no Brasil, aparecendo na sua declaração de imposto de renda, tudo pelos meios legais.

Resumindo, é nessa etapa que você precisa aprovar que o seu dinheiro é qualificado para sair do Brasil.

Dia 33 – Iniciar a Busca pelo Imóvel

Tendo seu capital aprovado para enviar para os Estados Unidos, você precisa começar a busca do seu imóvel.

Por mais que você possa pensar que ainda está cedo para essa etapa, você precisa lembrar que não sabe de muitos fatores por não ter morado nos Estados Unidos anteriormente:

  1. Mesmo tendo definido a cidade que você vai morar (definido lá em cima), você não sabe o bairro e tipo de apartamentos/casas disponíveis
  2. Precisa fazer uma pesquisa grande de custo, tamanho da moradia, se tem supermercado perto, se fica perto de alguma escola caso você tenha filhos
  3. Pelo fato de ainda não ter crédito legal por nunca ter morado nos Estados Unidos, você terá mais dificuldade de conseguir encontrar uma moradia. Não só precisa dar um valor do aluguel de adiantamento, mas existem casos que precisa deixar um depósito de 2 a 4 vezes o valor do aluguel.
  4. Além de que ver pela internet não tem a mesma facilidade de entendimento do local, tamanho, vizinhança, etc. do que vendo a casa/apartamento ao vivo. Isso não quer dizer que você precisa esperar chegar lá para resolver isso, no qual o prazo ficará extremamente curto. Mas significa que precisa dedicar tempo e atenção nesse processo para que se sinta bem logo nos primeiros meses de mudança para os Estados Unidos
  5. O seu tipo de visto também vai impactar no seu preço e disponibilidade de aluguel. Coloque-se no papel do “landlord” (dono da casa/apartamento que irá te alugar). Imagina ele alugando para alguém que está apenas com o visto de turista? Se você tiver um visto que a sua estadia nos Estados Unidos será mais prolongada, mais chances você tem de conseguir mais tipos de moradia
  6. O seu depósito também vai depender do tipo de visto que você terá

O Diogo recomendou pesquisar pelo site rent.com, que é bem fácil de usar e um bom site para pesquisar apartamentos não-mobiliados.

Dia 35 – Registro no Colégio (caso tenha criança)

A escola que seu filho(a), caso tenha, vai estudar precisa ser na mesma região que você optou morar nos Estados Unidos.

Além disso você precisa analisar o grau de avaliação dessa escola: se é uma escola nota A, B, C, etc. pois isso vai impactar a educação do seu filho.

Passado o período de escolha da escola, agora você precisa entrar em contato com a escola para saber quais as documentações que você vai precisar. Então a escola vai te mandar um formulário para preencher para ter a certeza de que toda a documentação que você levar para os Estados Unidos vai ser a suficiente. Alguns pontos estão abaixo, mas não limitados a apenas esses

  1. Vacina das crianças (atualizada e traduzida)
  2. Documentação das crianças e passaporte
  3. Histórico escolar, dependendo da idade do seu filho(a)

Caso você tenha escolhido inscrever seu filho em uma escola pública, você não vai ter gasto com matrícula, uniforme e nem comida, pois todos são gratuitos.

Resumindo, você não vai ter gastos com a escola pública, mas avalie o nível da escola para a boa formação do seu filho(a).

As escolas são divididas de acordo com a idade e evolução da criança:

  1. Kindergarten: período de alfabetização e quando as crianças basicamente só brincam
  2. Elementary school: a partir da 1a série
  3. Middle school: a partir da 5a série
  4. High school: é o nosso 2o grau

Dia 38 – Marcar Entrevista no Consulado

Tendo escolhido nos primeiros 30 dias o tipo de visto, agora é a hora de marcar a entrevista no consulado.

Relembrando como você precisa estar nesse ponto de agora:

  1. Já sabe o tipo de visto
  2. Já teve consulta com um advogado
  3. Sabe quais os documentos que precisa submeter para aplicar para o visto desejado e todos estão em mãos e organizados

Logo, esse é o ponto de marcar a entrevista no consulado para obter o seu visto.

Dia 42 – Marcar Consulta Médica

Não só marcar consultas médicas mas buscar um médico nos Estados Unidos para você e sua família (caso não vá sozinho).

A melhor forma é pesquisar alguns profissionais perto da região onde você vai morar e ligar ou mandar um email perguntando como você deve proceder para que ele(a) seja seu médico(a).

Lembre que quando você está chegando, ou você vai pagar a consulta do seu bolso ou vai pagar pelo seguro que você fez antes de sair do Brasil.

É importante pesquisar alguns desses profissionais:

  1. Pediatra para as crianças
  2. Ginecologista para as mulheres
  3. Clínico geral para toda a família

Porém, uma recomendação é que já saia do Brasil com o check-up feito e tudo certo com a saúde. É bem mais fácil se tratar de algo “fora do escopo” estando no Brasil do que no exterior, logo procure sair do Brasil o mais saudável possível.

Dia 45 – Buscar Material para Carteira de Motorista

Se você estiver nos Estados Unidos com visto de turista, você pode dirigir com sua carteira de motorista do Brasil. Mas se você estiver com o visto de longo prazo, você precisará tirar a carteira de motorista nos Estados Unidos.

Esse ponto não está relacionado a tirar a carteira de motorista americana. Porém, você pode entrar no site do DMV (o Detran dos Estados Unidos):

  1. Para baixar o material que precisa estudar
  2. As aplicações que precisa preencher
  3. As taxas que serão pagas
  4. Os documentos que precisam ser aplicados

Esse planejamento serve para quando chegar para morar nos Estados Unidos você consegue resolver tudo isso bem rápido. O quanto antes você conseguir tirar sua carteira de motorista, melhor para você.

Assim que tirar a carteira, ela terá o tempo de validade do seu visto.

Dia 48 – Tradução de Documentos

Aqui todos os documentos que você vai precisar deverão ser traduzidos.

Ter a lista de documentos vai depender do tipo de visto que você vai aplicar.

Dia 52 – Cotação do Seguro

Fazer a cotação dos diferentes tipos de seguro (vida, saúde, casa, carro) é fundamental para que você consiga se estabelecer sem um grande prejuízo financeiro caso aconteça algo.

Lembrando que estamos falando em morar nos Estados Unidos, onde essa parte de seguros não é barato. Logo, um planejamento antecipado é o mais adequado para não dar o desespero de ter que deixar para o final e correr o risco de não dar tempo para resolver todos o que você precisa.

Imagina ter um acidente com o seu e um outro carro envolvido. Se você não tem seguro e o outro motorista tem, pode ter certeza que o seguro dele vai entrar com uma ação contra você para recuperar o dinheiro que eles deram ao outro motorista pela batida. Se você tiver o seguro, você vai pagar no máximo o valor da franquia.

Uma dica interessante é ver com o seu banco no Brasil se ele oferece algum tipo de seguro para quem comprou a passagem aérea com o cartão ou alguma outra regalia que ele possa te oferecer.

Dia 60 – Abertura de Conta

O último passo até os 60 dias é abrir a conta bancária.

Uma dica é usar os serviços de empresas como a Moneycorp, onde você envia seu dinheiro para uma conta interna deles e tem como segurar seu dinheiro por um determinado período.

Isso vai te ajudar a fazer transferências internas (pagar aluguel, comprar o carro, etc.) enquanto você ainda não chegou nos Estados Unidos.

Se você fizer a transferência do seu dinheiro do Brasil diretamente para um banco, a maioria deles não vai te permitir a fazer transferências internas sem estar no país.

Dia 61 – Reunião de Atualização

Mais uma vez uma reunião na entrada do ciclo final dos passos para morar nos Estados Unidos legalmente. Vale a pena mensurar o que foi feito nesses 60 dias para turbinar os próximos 30 dias desse passo a passo.

E o que não foi feito que estava agendado acima? Tenha ciência do motivo do porque não foi/foram feito(s) para não perder o embalo da reta final.

Essa reunião também deve ser feita com os profissionais que estão te ajudando ou auxiliando nesse processo. Você está em contato com um advogado para uma assessoria mais pessoal? Ou com alguma agência que vai te ajudar a resolver o “meio de campo”? Aproveite esse dia para fazer um follow-up com eles de como você tem ido até agora.

Dia 62 – Tirar o Visto

No próximo dia pode coincidir do tempo que você marcou sua entrevista no consulado para poder tirar o seu visto americano.

Esse passo volta lá para o que você definiu no começo desses 30 passos: qual tipo de visto você está interessado e irá aplicar. Para chegar bem organizado nesse dia, você precisa:

  1. Ter separado a documentação necessária
  2. Ter marcado o horário do consulado para tirar o visto americano
  3. Comparecer ao consulado no dia marcado

Dia 63 – Comprar as Passagens Aéreas

Um passo importante é de comprar as passagens aéreas para a sua mudança para os Estados Unidos.

Como você não tem a certeza absoluta de que seu visto vai ser aprovado, o ideal é comprar as passagens aéreas depois do seu visto americano ter saído.

E o objetivo desse artigo é que você tenha um planejamento passo a passo e organizado para morar nos Estados Unidos legalmente. Portanto, não quero que você perca dinheiro nesse processo. É mais garantido comprar as passagens aéreas depois do visto ter saído.

Dia 65 – Alugar um Imóvel

Agora é hora de oficializar o aluguel do seu imóvel. Após decidir onde você vai morar nos Estados Unidos, fechar a escola das crianças (caso tenha filhos), você precisa assinar o contrato e fechar a moradia nesse momento.

Lembrando que, até agora (dia 65), você também já está com o dinheiro liberado para sair do Brasil e precisa fazer a transferência para pagar o depósito da moradia.

Alugar o imóvel antes é melhor do que gastar dinheiro com hotel. Essa prática vai te aliviar de ficar procurando qualquer moradia para sair logo do hotel.

Porém não é isso que a maioria das pessoas fazem: elas fecham com um hotel ou casa de veraneio quando ainda estão no Brasil.

O problema é que não é só você visitar a moradia e falar que quer ficar com ela:

  1. Muitas vezes você vai competir apartamento ou casa com outras pessoas que também querem alugar
  2. Precisa aplicar os documentos
  3. Mesmo assim você não sabe se o dono da propriedade vai te aceitar com os seus documentos
  4. Dando um número para te balizar, esse processo desde que você falou que quer alugar até entrar na moradia pode durar entre 1 semana e 1 mês
  5. E se o cadastro não for aceito pelo landlord, você tem que começar o processo de novo e buscar uma nova moradia

Minha Experiência Prática

Vou te dar minha experiência prática do que aconteceu com a gente ao mudar de país 2 vezes:

  1. Quando saímos do Rio de Janeiro para irmos pra Londres, a empresa me ofereceu 15 dias de hotel. Logo, teríamos que encontrar e fechar um apartamento para alugar em 15 dias. Conclusão: fechamos em 16 dias e pedimos uma noite de hotel a mais para a empresa. Mas tudo na maior correria, pois já estava trabalhando e só podia visitar os imóveis a partir das 17:30h.
  2. Já na mudança de Londres para Paris, a nova empresa deu 2 meses de hotel. Logo, tivemos uma certa calma para avaliar as oportunidades. Conclusão: fechamos com um apartamento que eu já tinha pesquisado antes de sairmos de Londres, no qual visitamos ele logo no 3o dia em Paris.

Portanto vale muito a pena você pesquisar e fechar o aluguel do imóvel ainda estando no Brasil.

Dia 68 – Mobiliar a Casa

E eu penso que o ideal é você já fechar, ao menos nessa primeira vez, com um imóvel mobiliado.

Isso vai fazer com que você passe menos perrengues para comprar móveis, com entrega e disponibilidade para recebê-los.

Pode até ser que você pague um pouco a mais mensalmente do que se fosse comprar todos os móveis. Mas você se livra de uma grande dor de cabeça.

Dia 72 – Ligar as Contas da Casa

Outro ponto bem importante é entrar em contato com as empresas que fazem o serviço de água, telefone, eletricidade, gás e internet para você chegar e estar tudo funcionando para você usar.

Senão você vai acabar ficando entre 2 dias e 1 semana sem os principais acessos dentro de casa. Imagina ficar sem luz, água e eletricidade em uma cidade quente dos Estados Unidos? Pois é, acelera e veja isso antes do Brasil no dia 72 do seu planejamento.

E lembra ainda que o depósito para fazer para contratar esses serviços. Não digo só o pagamento das contas. Mas imagina que você nunca morou nos Estados Unidos, não tem o “crédito na praça” ainda, e as empresas têm certo receio em não saber se você vai pagar as contas ou não.

Dia 75 – Alugar um Carro

O próximo passo é você alugar um carro para quando chegar e começar a resolver umas coisas antes de comprar o seu carro.

Porém, caso você vá para uma cidade bem pequena e que tenha um bom transporte público (você vai pesquisar antes também quando procurar o apartamento ou a casa), pode ser que não precise do carro. Mas vale a pena alugar por volta de 5 dias para te dar flexibilidade e conhecer as redondezas do seu novo bairro.

Observação: Uma coisa importante –> cuidado com os preços ofertados na internet! Pesquise bastante pois o preço pode variar bastante em diferentes sites.

Dia 78 – Finalizar as Vendas de Pertences

Agora já na reta final, você precisa finalizar as vendas do que você ainda tem:

  1. Carro
  2. Mobília
  3. Ver com que os animais (caso tenha) vai ficar
  4. Acelerar a venda da sua casa ou apartamento se não foi feito
  5. Caso não queira vender seu imóvel, vá em uma corretora para ver a possibilidade de alugá-lo para entrar mais um dinheiro na sua conta.

Dia 82 – Arrumar as Malas

Já então com tudo resolvido, agora é hora de arrumar as malas para a mudança.

Se for com visto de trabalho, veja se a empresa que te contratou pode te ajudar para pagar malas extras. Mas lembre-se que está indo morar nos Estados Unidos, onde muitas pessoas já vão pra lá para comprar. Logo, a recomendação do Diogo é que você leve poucas coisas.

Dia 90 – Viagem para os Estados Unidos

E o último ponto é viajar para os Estados Unidos.

Esse é o merecimento de todo esse processo que você alcançou! Hora de celebrar a sua nova vida e parabéns por ter conseguido chegar até aqui com tudo pronto!

Espero que a sua estadia/moradia nos Estados Unidos seja muito proveitosa e você aproveite para evoluir como pessoa e profissional.


E Agora o que Fazer?

Espero que tenha extraído o máximo desse passo a passo incrível que o Diogo Esteves detalhou para você.

Como morar nos Estados Unidos legalmente nunca foi de tão fácil esclarecimento e detalhes.

Mas esses pontos ainda precisam ser melhor detalhados pois não são nada fáceis como parecem caber nesse artigo.

Tenha em mente que esse é o começo da sua jornada! Tenho certeza que você vai ver sua vida evoluir bastante como pessoa e ter mais tolerância com outras culturas. Os Estados Unidos são bem multiculturais e isso ajudará a enriquecer o seu conhecimento.

O objetivo desse artigo foi abrir os seus olhos e ver que esses 30 passos não são um monstro. Basta ter um método a seguir e estará na frente da maioria dos brasileiros que querem morar no exterior.

Seguindo o Passo a Passo

E realmente você precisa seguir esses passos acima para não ter surpresas desagradáveis e perder dinheiro durante o processo. Tudo detalhado em 30 passos, 90 dias e 10 passos por mês. Tudo mastigado para você começar a botar em prática.

Porém não é tudo tão fácil como detalhado aqui nesse artigo. Problemas vão surgir no meio do processo. Você precisa estar cercado dos profissionais certos (advogados, corretores e etc.) para te assessorar nessa jornada.

Acredite em mim pois nós (eu e minha esposa) já passamos por mudança de países por 2 vezes (Brasil –> Reino Unido e Reino Unido –> França) e sei o que fizemos certo e o que poderíamos ter melhorado nessas mudanças.

E agora você tem esse passo a passo em suas mãos para fazer acontecer:

  1. Não queira ir morar nos Estados Unidos ilegalmente
  2. Esteja focado nesse processo e não desanime no meio do caminho
  3. Não tente cortar alguns desses passos acima por achar que não vai precisar. Nem ache que vai resolver nos Estados Unidos quando chegar, pois o ideal é seguir o método
  4. Junte dinheiro para fazer essa mudança, pois você precisará pagar alguns depósitos, passagens, aluguel e etc.

Como Morar nos Estados Unidos Legalmente [PLANO PASSO A PASSO]

O Diogo foi com a família para os EUA há 13 anos atrás. Agora ele está colocado toda a sua experiência profissional de muitos anos ajudando:

  1. Outras famílias
  2. Estudantes
  3. Empresários

a se mudarem para os EUA.

Você entende que não está no lugar certo onde mora hoje?

Conte com o Diogo Esteves para tirar esse seu sonho do papel. Criem juntos o seu planejamento para mudar para os Estados Unidos em 90 DIAS clicando na figura abaixo!

como morar nos estados unidos legalmente

O Diogo vai te dar ferramentas e conhecimentos específicos para você conseguir esse objetivo.

Se ele tivesse alguém do começo sendo um mentor, ele reconhece que com certeza teria sido TUDO muito mais fácil!

Por isso ele está abrindo esse programa para te ajudar a ter um novo começo na sua vida! Pode ser que você QUEIRA ter uma nova vida nos Estados Unidos.

Então te convido a assistir a esse vídeo de 5 min do Diogo Esteves abaixo. Você vai saber como começar do ZERO, sem saber nada, para se mudar para os Estados Unidos.

Esse é o caminho se você está perdido e não sabe ainda como fazer para seguir. Realmente recomendo que você entre no programa “Mude para os Estados Unidos Começando do ZERO!

Bato na tecla nessas perguntas para você:

  1. Cansado da sua vida no Brasil?
  2. Não aguenta mais tanta insegurança e quer sair de casa sabendo que vai voltar tranquilo mais tarde?
  3. Cansado de tanta corrupção?
  4. Não vê um bom uso do tanto de imposto que você paga todo mês?

Se você respondeu SIM pelo menos 1 vez nas minhas perguntas acima, esse programa é para você!

como morar nos Estados Unidos legalmente 2

 

 

Resumo
Data do review
Reviewed Item
→ Como Morar nos Estados Unidos Legalmente [PLANO PASSO A PASSO]
Author Rating
51star1star1star1star1star

Comentários

comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
error: Conteúdo protegido!