→ Como Morar na Suécia: Custo de Vida, Dados e Vistos

Você já pensou em morar na Suécia?

Este é um país que provavelmente não é a primeira opção de muitos brasileiros, mesmo para visitar. Mas, ele pode te surpreender.

Para te ajudá-lo a conhecer este país escandinavo e suas oportunidades, eu preparei esta publicação trazendo as informações básicas e as possibilidades de morar na Suécia.

E lembre-se de estar com o nível de inglês avançado para visitar ou morar na Suécia.

Mas se você tem alguma dificuldade no inglês e disser “SIM” para alguma das perguntas abaixo, recomendo você liberar o seu acesso GRATUITO ao ebook “Guia Prático para Aprender Inglês em 8 Semanas” clicando na figura abaixo.

  1. Você já perdeu alguma oportunidade por não falar inglês?
  2. Você já passou por alguma situação constrangedora por não falar inglês?
  3. Você está com seu currículo defasado por não falar inglês?
  4. Você poderia ganhar mais se falasse inglês?
  5. Você se sente frustado(a) por não falar inglês?
  6. Você se sente culpado por já ter desistido de algum curso?
  7. Você acha que pode ter problemas por não falar inglês?
  8. Sua auto estima está afetada por você não falar inglês?
  9. Você já fez vários cursos sem sucesso?

Então o ebook “Guia Prático para Aprender Inglês em 8 Semanas” é para você!!

curso-ingles-online-gratis

Sem mais delongas, vamos lá!

Suécia: Raio X

Localização geográfica: Península Escandinava, na Europa do Norte.

Capital da Suécia: Estocolmo

Língua: Sueco (mas a maioria da população também fala inglês, ufa!)

Moeda: Coroa sueca

População: 9.415. 295 habitantes 

A Construção do Mapa da Suécia

O território sueco é ocupado desde 10.000 a.C, desde um recuo glacial que possibilitou uma nova vegetação, com vastas florestas, e vida animal.

Este fenômeno também propiciou uma passagem terrestre a partir da Europa Continental, o que possibilitou a migração de pessoas.

Devido a sua posição marítima privilegiada, seu povo logo se lançou às águas para desbravá-las.

Eles são bem conhecidos nossos, seja pela literatura como filmes e séries: os vikings!

Seu auge se deu entre os séculos IX e X, em um momento que formava um único reino com os atuais países Dinamarca e Noruega. Após desavenças, conseguiu a sua independência e definiu o atual mapa da Suécia.

A Suécia Contemporânea

Atualmente, a Suécia tem o 12º melhor IDH do mundo, pois é referência em qualidade de vida, proteção ambiental (quase 70% de suas florestas estão preservadas), boa condições de moradia, alto nível de igualdade social e engajamento cívico.

Ademais, apesar de ser uma monarquia constitucional, foi reconhecida como o país mais democrata do mundo.

Desta forma, sendo sueco ou estrangeiro, há um respeito mútuo pelos direitos de cada um.

Na capital da Suécia, Estocolmo, que concentra a maior parte da população, o clima é de calmaria. Ela sempre está na lista das melhores cidades para se morar, devido a sua organização, segurança e limpeza.

Que tal morar na Suécia e desfrutar de tudo isso?

morar na Suécia

As Melhores Cidades da Suécia

É muito difícil falar sobre as melhores cidades da Suécia quando as disparidades entre elas são poucas.

Em outras palavras, não há diferenças gritantes como acontece no Brasil, em que você pode apontar cidades ou estados que concentram as melhores universidades, oportunidades de emprego e opções de lazer.

Independente de onde morar, você conseguirá ter uma boa qualidade de vida.

Aqui vou tratar apenas das quatro principais cidades da Suécia: Estocolmo, Gotemburgo, Malmö e Uppsala, pois no geral são utilizadas como referências para que você tenha noção do país que te aguarda.

Estocolmo

Estocolmo está na costa oriental do país, em um arquipélago de 14 ilhas e ilhotas.

Isto faz com que 30% do território esteja coberto por canais e os outros 30% reservados para parques e zonas verdes.

Já imaginou morar no centro de um país e ainda estar rodeado de natureza?

Além disso, não faltam opções culturais. A cidade concentra diversos museus e zonas históricas que remetem aos tempos medievais e dos vikings.

A maioria dos brasileiros que opta por morar na Suécia escolhe Estocolmo como seu novo lar.

morar na Suécia estocolmo

Gotemburgo

Esta cidade foi criada por volta dos séculos XVI e XVII para proteger o território de invasões por parte de estrangeiros, principalmente seus vizinhos Noruega e Dinamarca.

Atualmente, pelo mesmo fato de estar relativamente perto de Oslo e Copenhague, Gotemburgo possui um papel importante na economia nacional sediando fábricas e comércio importantes.

Sedes de grandes empresas da região ficam aqui.

Se você é profissional qualificado e deseja migrar para trabalhar na Suécia, pode começar a procurar empresas que estão em Gotemburgo e entrar em contato com elas.

morar na Suécia Gotemburgo

Malmö

A nossa terceira cidade já fez parte da Dinamarca e foi incorporada ao país em 1658.

Ao longo da história, ela desempenhou um papel importante para a economia nacional, pois concentrava os maiores estaleiros para a prática da pesca, que é um dos setores de exportação.

morar na Suécia malmo

Uppsala

Por último, mas não menos importante está Uppsala.

Ela está relativamente perto de Estocolmo e é conhecida por abrigar a Universidade de Uppsala, a mais velha da península escandinava.

Funciona como uma espécie de cidade universitária, o que garante uma clima de diversão quase o ano todo.

Assim, procure uma faculdade para obter o visto para estudar na Suécia e assim, morar por aqui.

morar na Suécia uppsala

Por que Morar na Suécia?

Muitos brasileiros têm o desejo de sair do Brasil e morar em outro país, seja porque não consegue ver um futuro promissor o por outros motivos como busca de qualidade de vida e fuga da violência.

Estas justificativas são válidas e se você puder emigrar, não pense duas vezes!

Mas, geralmente não colocamos morar na Suécia como uma das primeiras opções deste sonho.

Como você pode perceber até aqui, a Suécia é um lugar incrível para quem busca por qualidade de vida.

Que tal colocarmos no papel as vantagens e desvantagens de morar na Suécia?

Vantagens de Morar na Suécia

  1. Segurança e qualidade de vida.
  2. Uma pesquisa recente apontou que a Suécia é o quarto país menos corrupto no mundo. Isto é um baita alento para quem vem do Brasil e está cansado disso, não é?
  3. Férias de 5 semanas;
  4. Os suecos são pessoas que adoram atividades outdoor. Assim, no verão, prepare-se para acampar, pedalar, curtir festivais ao ar livre e ficar horas relaxando em um parque ou área verde.
  5. E mesmo no inverno, há muito o que fazer do lado de fora! Que tal aprender a esquiar?
  6. Por justamente ter este contato com a natureza, aqui se tomam todas as precauções para protegê-la. Dados apontam que 99% do lixo sueco é reciclado.  Incrível!

Desvantagens de Morar na Suécia

  1. O frio é o campeão das reclamações de quem, como nós, não crescemos em um país de inverno rigoroso.
  2. Devido a sua localização, a Suécia passa 8 meses com temperaturas baixas e pouca luminosidade (em torno de 7h de luz solar por dia).
  3. Outro ponto a se levantar em conta é a questão da interatividade com outras pessoas aqui.
  4. Ao conhecer alguém, nada de beijos ou abraços ou de perguntar sobre a vida íntima de alguém. Eles não são extrovertidos e até que você conquiste uma amizade de fato e a pessoa dê abertura para algo, não avance o sinal da intimidade!
  5. Outro ponto a se levar em conta é o custo de vida na Suécia. Comparado a outros países europeus ele é alto.
  6. Você ganhará um salário relativamente alto na teoria, mas no final receberá apenas 40% do montante, depois dos descontos de impostos.
  7. Se a sua intenção é ficar rico, aqui não é o seu lugar.
  8. Justamente por causa do alto custo de vida na Suécia (cerca de 1270 euros para uma pessoa solteira sem filhos), ninguém possui empregada doméstica ou costuma sair para comer fora todos os dias.

Assim, se você quiser morar aqui, precisará entender que vai ter de fazer as suas próprias coisas.

Depois desta lista, como ficou a sua balança sobre morar na Suécia?

Saiba que independente do país de destino que você escolher, sempre haverá prós e contras. Cabe a você escolher o que quer enfrentar ou não.

Como Morar na Suécia?

Se a balança tendeu para as vantagens, é hora de saber o que você precisa para conseguir morar na Suécia.

Vistos para Morar na Suécia

Primeiramente é importante destacar que sem qualquer visto você não conseguirá morar no país. O controle de migração é eficiente e se alguém for pego empregando ou escondendo alguém sem visto, terá muitos problemas.

E mesmo para você não compensaria ficar em situação ilegal na Suécia. Sem um visto você não tem acesso à saúde e outros direitos básicos que a população possui.

morar na Suécia visto para trabalhar na Suécia

Para viver na legalidade há os seguintes vistos para morar na Suécia:

Visto para trabalhar na Suécia

Ele é apenas dado quando você já tem, no Brasil, uma oferta de trabalho para morar na Suécia.  Mesmo para europeus, que em tese seriam mais bem-vindos pelos acordos diplomáticos, também é exigido este requisito.

Isto é algo complicado, embora não impossível.

Na Suécia – como em vários outros países -, o empregador precisa justificar muito bem a vinda de um estrangeiro para ocupar um cargo no país.

É preciso mostrar que não há mão-de-obra sueca que supra aquela necessidade e, por isso, é preciso contratar alguém que está em outro país.

Eu sugiro que você prepare bem o seu currículo e procure vagas de trabalho lá, mas também aqui no Brasil, diretamente com empresas suecas.

Você sabia que Tetra Park, EF Education First, Electrolux, IKEA, Ericsson, Scania e Volvo nasceram neste país escandinavo?

Pois é, eu também me surpreendi ao saber de sua origem! Uma ideia é contatá-las aqui e primeiramente ser empregado por elas no Brasil.

As chances de conseguir uma promoção trabalhar na Suécia em um cargo qualificado são maiores desta forma.

Há também quem vá para lá com o visto de trabalho para ser au pair.

Mais comum nos Estados Unidos, é um tipo de emprego em que jovens até 30 anos podem trabalhar como babá para famílias suecas.

Você deve trabalhar 25 horas por semana e possui o resto do tempo livre, também tendo o direito de aprender sueco.

Se você gosta de crianças, pode ser uma opção!

morar na Suécia visto

Visto para estudar na Suécia

Nesta modalidade, você precisa ser aceito em uma universidade sueca, pois cursos de idiomas não lhe dão este direito.

Não preciso dizer que as universidades suecas são de ótima qualidade e que não importa a que escolher, você estará em uma instituição de ponta.

Para cursar a graduação, geralmente não há bolsas, então você teria que desembolsar os custos educacionais e mesmo de sobrevivência.

Já para a pós-graduação, há mais chances de conseguir uma bolsa que o exima de pagar pela sua formação e, ainda por cima, ser pago para estudar e ficar por aqui.

A pesquisa é levada muito a sério e há um bom investimento nisso. Tanto é que um pós-graduando é considerado um trabalhar comum, com direitos como férias remuneradas e licença maternidade/paternidade.

Algo interessante é que depois de ter cursado a sua graduação ou pós-graduação aqui, você poderá conseguir um visto para trabalhar na Suécia. Isto porque após passar alguns anos aqui, você provavelmente terá contatos e conhecerá o funcionamento do país.

E ter tido uma formação em uma universidade sueca conta muito para uma contratação.

Na minha opinião, é a forma mais segura de conseguir  morar na Suécia.

visto morar na Suécia

Visto de vínculo familiar

Para morar na Suécia com este visto, é preciso que você:

  1. Esteja casado ou em união estável com uma pessoa de nacionalidade sueca;
  2. Vá para o país com alguém que possua um visto de trabalho no país. Por exemplo, se o seu cônjuge foi transferido para lá ou conseguiu uma oportunidade de emprego no país, você e eventuais filhos podem receber este visto.

Por causa dele, você também terá o direito de trabalhar ou estudar por lá, assim como os seus filhos.

Visto para refugiados

Esta é uma modalidade de visto bem restrita.

Para morar na Suécia com este visto, é necessário comprovar que você sofre perseguição ou riscos de vida no país natal.

Considerações finais

E aí, gostou desta publicação sobre morar na Suécia?

Se você se animou para isso, é interessante começar a pesquisar sobre as possibilidades de bolsas em universidades suecas e também vagas de emprego que lhe permitem morar na Suécia. O site LinkedIn pode ser o primeiro passo para isso.

Outra dica que sempre dou é que para ter mais chances em um país, é interessante que você entenda como ele funciona e não poupe esforços para aprender sobre ele.

Assim, que tal tentar aprender a falar sueco? Você consegue achar sites e aplicativos gratuitos para começar a aprender este idioma.

Ele será uma vantagem em seu currículo, mas também para o contato com suecos. Afinal, quando um estrangeiro chega falando em português, você invariavelmente vai se mostrar mais aberto e simpático.

Como não é uma língua fácil, te aconselho a começar desde agora!

Enfim, desejo a você lycka till (boa sorte, em sueco)!

E se você gostou desse artigo de como morar na Suécia e seu custo de vida, que tal esses outros?

  1. Passaporte para a Fluência – Como Falar Inglês Fluente em 8 Semanas
  2. Como Morar em Portugal
  3. Governo Português cria Acordo e Incentiva Brasileiros a se Mudarem para Portugal
  4. Vagas de Emprego em Portugal para Brasileiros em 2017
  5. 10 Cursos de Inglês Online Grátis
  6. 30 Passos de Como Morar nos Estados Unidos Legalmente
  7. 10 Formas de Como Conseguir o Green Card Americano
  8. Onde Encontrar Trabalho no Exterior
  9. As 10 Melhores Cidades dos Estados Unidos para Viver
  10. Países que Oferecem Visto de Trabalho para Brasileiros Fora da sua Profissão
  11. Os 12 Melhores Destinos para Trabalhar Fora do Brasil
  12. Vantagens e Desvantagens de Morar em Portugal

Até o próximo artigo,

Paulo Roberto

Resumo
Data do review
Reviewed Item
→ Como Morar na Suécia: Custo de Vida, Empregos e Vistos
Author Rating
51star1star1star1star1star

error: Conteúdo protegido!