Já ouviu falar da “Dieta da Informação”? Aplique-a para Encontrar seu Trabalho no Exterior!

Vida Passiva

Vamos a um exemplo com zero “dieta da informação”:

  1. Imagina que você vai ligar a televisão ou pegar um jornal que você assina, se você assina jornal. Caso não, você pode usar o Jornal Nacional como base;
  2. Então você analisa quantas notícias boas passam no programa;
  3. Ou então, quantas notícias que realmente vão mudar sua vida e te fazer uma pessoa melhor;
  4. Agora pensa na quantidade de notícias que são ruins: alguém que morreu, ou mostrou corrupto, algum desastre aconteceu, ou alguém se machucou.

Talvez, fazendo um balanço, podemos aproximar que 80% das notícias do Jornal Nacional são ruins.

Se você ler as notícas no jornal impresso, a porcentagem não vai variar muito.

Como o cérebro funciona?

Não sei como é o seu cérebro exatamente, mas deve ser bem parecido com o meu.

Nosso cérebro é o produto daquilo que a gente o alimenta. Guarde essa ideia!

Dando um exemplo: imagina que você está rodeado de pessoas legais que te incentivam, que dizem que o mundo é daqueles que conseguem, dão apoio para aquilo que você quer transformar de bom na sua vida e logo você vai começar a acreditar nisso.

Agora imagina que você tem um filho pequeno e começa a falar com ele um monte de notícias ruins.

Então, você sabe como vai ser o lado psicológico dele? Ele vai crescer uma criança amarga, um adolescente sem esperanças, acreditando que tudo é difícil.

Dieta da Informação

Baseado nessa discussão, tenho visto em alguns livros a expressão “dieta da informação” com o objetivo de filtrar tudo aquilo que a gente escuta e entra de ruim da nossa cabeça.

Somado, tem aquilo que diminui a nossa produtividade ou impede-nos de agir, procrastinando o que realmente é importante.

Convido/desafio para ser sincero e incluir na sua lista da “dieta da informação”:

  1. Tudo relacionado a notícias ruins;
  2. Informações que não te farão uma pessoa melhor;
  3. Tudo o que é supérfluo e faz você procrastinar (adiar).

O que devemos eliminar?

Vou te dar uma ajuda aqui, mas não se limite as minhas opções, onde você pode incluir outras:

  1. Não ver televisão (isso diminuirá a exposição a notícias ruins).
  2. Não ouvir música (você pode trocar por ouvir um podcast para melhorar sua lingua estrangeira ou algo para a evolução do seu interior).
  3. Não usar o Facebook, Whatsapp e qualquer outra rede social (tirando o Linkedin quando estiver apto a procurar e se candidatar para as vagas). Entendo que não evoluimos em basicamente nada rolando seu dedo nos feeds de notícias, tal como isso, no fundo, é só perda de tempo e motivo de procrastinação. Se você procura alguma coisa específica ou quer aprender algo, existem melhores maneiras de cumprir essas etapas.
  4. Diminuir o tempo de telefone com os amigos e familiares (evitar notícias que não vão te fazer uma pessoa/profissional melhor e por motivo de procrastinação).
  5. Diminuir o contato com pessoas tóxicas, que só sabem te sugar ou dar informações ruins e irrelevantes (definitivamente o contato e seus amigos deve ser diminuído, pois, uma vez que você quer se mudar para o exterior, seus amigos vão continuar no Brasil e vocês vão acabar perdendo certo contato).

Devemos lembrar que alguns dos principais fatores quando você está no meio de um processo/jornada são proteger a sua confiança e a sua energia. Isso se aplica mesmo no seu caso: buscando melhorar pessoalmente, psicologicamente e profissionalmente para buscar sua vaga de emprego no exterior,

Se você está realmente focado nesse processo, irá se sentir mal com as notícias ruins e sentirá um certo vazio quando vive procrastinando.

Livro “A Dieta da Informação”

Segundo o livro “A dieta da Informação”, “o ser humano moderno gasta mais de 11 horas a cada 24 em consumo constante. Não apenas se alimentando, mas devorando informações continuamente expelidas pelos eletrônicos de que tanto gostamos:

  1. Assim como podemos nos tornar morbidamente obesos de tanto ingerir açúcar, gordura e farinha;
  2. Estamos nos transformamos em glutões de textos, mensagens instantâneas, emails, feeds RSS, downloads, vídeos, atualizações e tuítes.”

 

Dieta da Informação

O que nós temos feito aqui em casa

Mostrando um pouco de como faço/fizemos a dieta da informação:

  1. Nós não assistimos televisão, no qual ela só serve para ser conectada no computador quando assistimos filme ou seriado. No Brasil já não assistíamos TV regularmente e moramos em Londres por 2 anos sem televisão. Já há alguns anos vejo que a TV está muito suscetível a sugar minha energia e meu tempo. Estou mais preocupado em criar o meu dia e não apenas receber informações e deixar ser controlado.
  2. Só tinha o LinkedIn. Não tenho WhatsApp e estava sem Facebook há mais de 3 anos. Realmente precisei fazê-lo para o nosso acompanhamento “Trabalhando no Exterior” para atingir o máximo de pessoas possíveis. Logo precisava de uma forma mais eficiente de divulgação em massa.

Conclusão

A conclusão é que a “dieta da informação” me permite ter muito mais tempo na minha vida para seguir o que eu acredito:

  1. Para cuidar do meu interior;
  2. Dar atenção a minha esposa;
  3. Fazer exercícios;
  4. Seguir os meus sonhos (entre eles, fazer o bem, agregar valor pras pessoas e transformá-las em melhores humanos).

No final do processo que eu te desafiei, para listar tudo aquilo que suga seu tempo ou sua energia e se afastar por X dias, honestamente, avalie depois o seu resultado.

Criarei um post na fan page “Trabalhando no Exterior” e divulgue seu resultado lá.

A otimização e organização do seu tempo, também como sua dedicação e foco, serão importantes no seu desenvolvimento pessoal e profissional para buscar sua vaga de emprego no exterior.

Como reflexão desse post, comece a avaliar o seu “custo de oportunidade”. Será que vale a pena fazer A ou B para termos maiores benefícios?


Para saber mais sobre como conseguir sua vaga de emprego no exterior, que tal visitar os seguintes posts?

  1. Página do menu “Recomendo”
  2. A Gratidão Transforma: uma Nova Vida em 33 dias
  3. 11 Passos para Melhorar a Relação Pais e Filhos + 9 Bônus Gratuitos
  4. Seguindo os 6 Passos da Meditação
  5. Você Conhece o Poder do Foco?
  6. Como Fazer um Currículo Perfeito e + 14 Dicas Exclusivas
  7. 13 Dicas para Melhorar seu Perfil no Linkedin (a Dica 5 é Fundamental)
  8. Empenhado em Conseguir sua Vaga de Emprego no Exterior?
  9. 7 Motivos para Você Acordar Cedo as 5h da manhã
  10. Uma Simples Ação para Otimizar a Produtividade do seu dia
  11. Desculpas, Histórias e Justificativas x Vagas de Emprego no Exterior
  12. O seu Por Que em Trabalhar no Exterior com 1 Exercício
  13. Já Ouviu Falar da Dieta de Informação? Aplique-a para Encontrar seu Trabalho no Exterior

Até o próximo post!

Paulo Roberto

Comentários

comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE