→ Você Já Visitou o Monte Saint Michel? Onde Fica, Como Chegar e muito mais!

Se você chegou até aqui é porque deseja saber onde fica o Monte Saint Michel, que saber mais ou ainda como chegar no Monte Saint Michel.

Encrustado em meio a um território cercado de bastante água e um pouco distante das belezas e encantos naturais/históricos de países europeus como França e o Reino Unido, uma ilha poderia passar quase que despercebida em meio a tantas atrações.

Porém, isso é exatamente o oposto do que ocorre quando estamos falando do Monte Saint Michel, pertencente ao território francês.

A visita te conduz a ter experiências de cunho histórico e visual simplesmente inesquecíveis.

Se você já alguma vez planejou conhecer o continente europeu, pode perfeitamente adicionar a sua rota de viagem o Monte Saint Michel.

Existe um ditado que fala a seguinte frase: “Nos menores frascos estão os melhores perfumes.”

Se levarmos em consideração os 97 hectares, não estamos falando de uma região tão pequena assim, logicamente.

No entanto, colocando isso dentro da realidade onde existem milhares de outras regiões turísticas como países e até mesmo continentes de extensões territoriais muito maiores, certamente o Monte Saint Michel se destaca pelos seus atrativos em uma região tão pequena.

  1. Quer presenciar a preservação de edificações carregadas de traços referentes a Idade Média?
  2. Locais onde a arquitetura e a história se misturam de maneia intrínseca a um passado repleto de conteúdo religioso e muralhas quase intransponíveis?
  3. Uma região que, de tanto material a ser oferecido a todos nós que acabou merecendo não só a atenção como reconhecimento da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) como patrimônio da humanidade?

Então se prepare pois você verá uma quantidade incrível de informações. Se anteriormente você não planejava ir ao Monte Saint Michel, certamente você ficará tentado a mudar de ideia.

Saiba mais: → O que Fazer em Chicago: Pontos Turísticos

E Você Já Pensou em Morar na França?

Se você quiser ter um passo a passo de como morar na França escrito por um brasileiro que já morou alguns anos por aqui, basta acessar esse material.

No e-book França Para Brasileiros você terá acesso a um conteúdo completo e explicativo sobre:

  1. Como conseguir um passaporte válido por 10 anos
  2. Tipos de visto para brasileiros
  3. Controle de fronteiras nos aeroportos
  4. Legislação Europeia
  5. Em que trabalham e onde moram os brasileiros neste país
  6. Imigração legal e ilegal e muito mais.

Se seu objetivo é desfrutar de uma viagem de lazer sem perder tempo e contemplando o que há de mais especial na França, você também vai ter acesso a:

  1. Planejamento de viagem
  2. Hospedagem
  3. Culinária
  4. A importância do seguro viagem
  5. Aluguel de casa, carro, quarto ou apenas cama
  6. Além de listar os melhores pontos turísticos para tirar fotos incríveis

Para saber mais sobre o ebook França Para Brasileiros, basta clicar aqui.

Onde fica o Monte Saint Michel?

Geograficamente falando, a acessibilidade do Monte Saint Michel parece a princípio bem mais simples via água.

Ele está situado no que é chamado de departamento da Mancha, justamente onde está o famoso Canal da Mancha. Ou seja, uma vasta e quase que incalculável região marítima de ondas intensas e marés cada vez mais altas.

Essa região tem um rico contexto histórico no que diz respeito a proteção territorial principalmente por parte dos ingleses.

Para se ter uma ideia, tanto nos tempos em que Napoleão Bonaparte como também na sede de conquista insaciável alimentada pelo alemão Adolf Hitler, a Inglaterra utilizou o Canal da Mancha como forma de proteção para que franceses e nazistas tivessem dificuldades de acessar o território dos britânicos.

Atualmente, é uma região onde a movimentação de barcos e grandes petroleiros é bastante frequente.

O monte proporciona um espaço bem em meio ao continente europeu.

Isso facilita o caminho desse tipo de transporte com destino:

  1. ao continente americano
  2. ou, em se tratando do caminho inverso, Ásia ou mesmo a Oceania

monte saint michel mapa

Como chegar no Monte Saint Michel

É possível chegar ao monte por meios terrestres, já que foi construída uma ponte que interliga a ilha a terra firme.

Saiba mais: → O que Fazer em Cancun: Pontos Turísticos

Estima-se que, caso você esteja vindo de Paris (o que é mais comum), se leva cerca de 3.5 horas de de carro até chegar a Baixa Normandia, onde se situa o departamento da Mancha. A distância é de aproximadamente 360 Km.

monte saint michel mapa de paris

Se estiver usando transporte público para realizar a sua viagem, o mais indicado em como chegar no Monte Saint Michel:

  1. Vá de trem-bala até a cidade de Rennes
  2. Pegue um ônibus que poderá te levar diretamente ao Monte Saint Michel
  3. O ônibus vai te deixar a uma pequena distância das estruturas medievais constituídas desde o século VIII

Como foi constituído o Monte Saint Michel

Mesmo com a evolução de evidências históricas que conseguiram descobrir várias informações sobre a origem e motivação de construir e preservar diversos monumentos e obras naturais do planeta, o Monte Saint Michel faz parte de um outro grupo.

O grupo onde ainda existem uma sequência de incertezas pela falta de informação. Uma teoria de outro cunho acaba ganhando força explicativa.

Sendo assim, a história contada data do ano de 708 d.C. e remete a um bispo de nome Aubert. Posteriormente o Aubert foi conhecido como Santo Alberto.

Saiba mais: → O que Fazer em Dubai: Pontos Turísticos

Ele teria tido 3 oportunidades diferentes de se comunicar diretamente com São Miguel Arcanjo em aparições divinas da entidade.

Nessas aparições, teria sido pedido por Miguel a construção de um santuário em sua homenagem justamente naquela área.

A partir daí, Aubert iniciou o processo de construção que contou com a mão de obra de diversos monges. Ela foi concluída mais de 100 anos depois, mais precisamente em 846 d.C.

monte saint michel onde fica

Daí o nome da construção, já que, em francês, “Saint Michel” é justamente a tradução literal de São Miguel.

E então…

A partir daí, sabe-se que a utilização do espaço existente já teve diversas funções, sendo a primeiras delas o já esperado crescimento demográfico.

Isso porque, no século X, monges beneditinos acabaram ocupando o santuário. Eles incentivaram a construção de um vilarejo ao redor do Monte Saint Michel e colaborou para criação de diversas estruturas. Essas estruturas hoje compõem um cenário ainda mais estonteante aos visitantes da ilha.

Posteriormente, o papel das construções ganharam um tom protetivo. Nas investidas dos ingleses em meio a Guerra França-Inglaterra, o monte funcionou como uma fortaleza do exército local.

Até mesmo para a contenção de delinquentes as instalações existentes no Monte Saint Michel já foram utilizadas. Isso aconteceu no intenso e sangrento período da Revolução Francesa.

Principais pontos turísticos do Monte Saint Michel

Bem interessante a história e todo o contexto dessa obra-prima chamada de Monte Saint Michel, não é mesmo?

Vamos agora falar um pouco mais sobre como são as características das construções existentes nessa área.

Saiba mais: → O que Fazer em Los Angeles: Pontos Turísticos

Apesar de não ser uma área de tanta amplitude em comparação com outros pontos turísticos existentes no mundo, onde fica o  Monte Saint Michel proporciona naturalmente, de qualquer lugar alto em que se esteja na ilha, uma visão quase que de tirar o fôlego de toda a imponência e importância do Canal da Mancha.

Por si só, isso já seria extremamente valioso, porém não é apenas nesse aspecto que o monte tem seus atrativos.

Grand Rue

A tradução mais lógica e óbvia que qualquer pessoa poderia fazer desse ponto seria de “Grande Rua”, correto?

Se você imaginou qualquer coisa relacionado a isso… acertou em cheio!

monte saint michel grande rue

Esse é o nome que foi dado a principal avenida existente em todo o vilarejo. Efetivamente tem grande extensão e comporta na atualidade as principais lojas de artigos turísticos, alimentícios e outras lembranças características da França e, evidentemente, do próprio Monte Saint Michel. Além de, evidentemente, outros tipos de instalações que falaremos mais a frente.

O mais interessante dessa região é que os elementos arquitetônicos e característicos da vida e costumes dos tempos da Idade Média puderam ser fielmente preservados.

Ou seja, é possível caminhar lentamente pela Grand Rue e praticamente se sentir em uma viagem no tempo rumo a Era Medieval. Isso tamanha é o nível de detalhes das casas de telhado triangular em meio a altas muralhas, insígnias e brasões.

Saiba mais: → O que Fazer em Roma: Pontos Turísticos

Abadia de Saint Michel

Se você já visualizou ou teve curiosidade em algum momento da sua vida em pesquisar sobre o Monte Saint Michel, certamente a primeira imagem que vem na cabeça é a de uma construção que lembra bastante um castelo cercado de bastante água e outras construções a sua volta, não é verdade?

Pois é justamente a Abadia de Saint Michel essa estrutura que parece um castelo e que centraliza a atenção dos visitantes.

Seja pela sua imponência, seja pelo seu contexto histórico, cada um a sua maneira de interesse.

abadia monte saint michel

Fato é que, inevitavelmente, quando se visita essa ilha, se torna quase impossível não procurar uma das várias ruas de acesso existentes na Grande Rue com destino justamente a Abadia.

É um verdadeiro complexo cercado de instalações que podem prender você por horas de análise, portanto se prepare!

Para se ter uma ideia da amplitude que tem somente essa construção, calcula-se cerca de 22 salões com funcionalidades diferentes como:

  1. Uma igreja
  2. Um jardim
  3. Um cartório
  4. Cozinha
  5. Refeitório
  6. Dentre muitas outras utilizações cabíveis aos moradores da época

Além de tudo isso, é possível se posicionar de maneira estratégica no ponto mais alto da abadia. Contando com o auxílio climático, apreciar um pôr do sol que certamente lhe marcará por toda a vida.

Saiba mais: → O que Fazer em Praga: Pontos Turísticos Gratuitos

Fenômeno das marés

Pela sua localização nada estratégica no sentido de ser constantemente atingida pelo forte impacto das marés vindas do Canal da Mancha, o Monte Saint Michel acaba por ser palco também de um incrível fenômeno da subida e descida drástica das marés.

Fenômeno esse que acaba sendo acompanhado pelo público como um verdadeiro espetáculo da natureza.

Por isso, existe uma constante preocupação principalmente dos guias locais no aconselhamento de turistas para que, após tomarem ciência de quais serão os horários de subida e descida da maré, controlem seu cronograma.

A margem mais segura de tempo é em até 1.5 hora antes da subida da maré.

E se você acha que essa margem é um pouco exagerada, é melhor rever seus conceitos.

Isso porque esse processo de subida no Monte Saint Michel acontece de maneira muito mais intensa e rápida do que em outras localizações.

Alguns profissionais que conhecem bem a área costumam dizer que o nível da água pode alcançar espantosos 15 metros! Logo, é melhor se cuidar e seguir todas as recomendações dos guias a risca.

Saiba mais: → O que Fazer em Lisboa: Pontos Turísticos

Baía de Saint Michel

Constatada a possibilidade de andar sem qualquer tipo de subida da maré em uma margem segura de tempo, o fenômeno das marés proporciona um passeio de muita beleza e até mesmo perplexidade pela Baía de Saint Michel.

Isso porque a extensão de faixa de areia que pode proporcionar períodos de maré baixa por alcançar vários quilômetros, criando até mesmo a falsa imagem de um lugar sempre muito tranquilo.

Baía de Saint Michel

O passeio mais tradicional que se pode fazer somente caminhando pela baía é em direção ao sul do monte. Seguindo mais chega-se a ilha de Tombelaine.

Através dessa ilha, pode-se ter uma visão privilegiada do Monte Saint Michel. Você pode ver inclusive detalhes pouco notados quando se observa por outros ângulos.

Saiba mais: → O que Fazer em Barcelona: Pontos Turísticos Gratuitos

Melhor época do ano para ir no Monte Saint Michel

Essa pergunta parece um tanto quanto restritiva a primeira vista. Todo dia é uma oportunidade de conhecer um lugar de tamanha riqueza cultural e visual como o Monte Saint Michel.

Entretanto, o funcionamento de algumas atrações turísticas dentro da ilha possuem as suas particularidades.

É importante saber alguns desses detalhes para considerar todos os pontos que encaixem dentro da sua agenda a melhor época do ano para ir no Monte Saint Michel.

  1. Tradicionalmente nos feriados de 1° de Maio (Dia Internacional do Trabalho) bem como nas datas festivas de Natal e Ano Novo, as visitas a Abadia de Saint Michel não são realizadas
  2. Entre os dias 2 de maio e 31 de Agosto, a visita ao local tem uma janela de 10 horas (9 às 18 h), sendo de 1° de setembro a 30 de abril uma janela de 8h30 (9h30 às 18 h)
  3. Excepcionalmente entre julho e agosto, existem visitas noturnas a abadia que vão até as 23 h
  4. Os períodos de Lua Nova e Lua Cheia são mais propícios a ocasionarem a chamada “dança das marés”
  5. Existe um calendário no site oficial do Monte Saint Michel informando a movimentação das marés durante todo o ano

Saiba mais: → Os 25 Principais Pontos Turísticos dos Estados Unidos

Hotéis perto do Monte Saint Michel

Se você prefere um trajeto não tão longo de carro ou outro tipo de transporte de Paris até o Monte Saint Michel ou mesmo de Rennes até a região da Normandia, é possível encontrar hotéis perto do monte.

Porém, é preciso ter um tipo de atenção redobrada. A oferta não oferece uma variedade tão grande e o esgotamento dos quartos pode se dar rapidamente.

hoteis monte Saint Michel Hotel Chateaux Richeux

Esse tipo de situação pode ocorrer principalmente em se tratando de períodos de “alta temporada” e principalmente nos hotéis que ficam dentro do próprio Monte Saint Michel, que são mais escassos.

  1. Hotel Chateaux Richeux – Na região de Cancale, o Chateaux Richeux tem a visão que dá simplesmente de frente para o monte, proporcionando uma bela vista e a comodidade de estar bem próximo ao seu destino;
  2. Hotel Les Rimains – Quer uma opção de caráter mais simples e intimista? Pertencendo a mesma propriedade estão os quartos do Les Rimains, tendo a mesma particularidade de vista e estrutura;
  3. Hotel Mercure – Aqui encontramos o padrão de hotelaria mais executiva e mundialmente conhecida da rede Accor, contando com mais de 100 quartos a disposição estando a somente 2 km do Monte Saint Michel;
  4. Hotel Saint Michel – Deixamos essa sugestão para o fim não à toa: Ela está DENTRO do monte e proporciona um nível interessante de conforto além da sua localização privilegiada.

Outros Artigos

E se você gostou desse artigo, que tal visitar esses outros aqui?

  1. → O que Fazer em Chicago: Pontos Turísticos
  2. → O que Fazer em Cancun: Pontos Turísticos
  3. → O que Fazer em Dubai: Pontos Turísticos
  4. → O que Fazer em Los Angeles: Pontos Turísticos
  5. → O que Fazer em Roma: Pontos Turísticos
  6. → O que Fazer em Praga: Pontos Turísticos Gratuitos
  7. → O que Fazer em Lisboa: Pontos Turísticos
  8. → O que Fazer em Barcelona: Pontos Turísticos Gratuitos
  9. → Os 25 Principais Pontos Turísticos dos Estados Unidos
  10. → Os Principais Pontos Turísticos da Espanha (O Número 12 é Super Conhecido)!

Até o próximo artigo,

Paulo Roberto

Resumo
Data do review
Reviewed Item
→ Você Já Visitou o Monte Saint Michel? Onde Fica, Como Chegar e muito mais!
Author Rating
51star1star1star1star1star

error: Conteúdo protegido!