→ O que Fazer em Roma: Pontos Turísticos

Já pensou em visitar a Itália mas não sabe o que fazer em Roma e os pontos turísticos?

A cidade é responsável por sua verdadeira arquitetura no que se refere aos destinos disponíveis no continente europeu.

Roma é uma parada importante nos aspectos que definitivamente chamam a atenção para um bom ponto turístico.

O que Fazer em Roma Pontos Turísticos foto 3

Opções não faltam para todos os públicos com o que fazer em Roma.

Você pode ter certeza de que uma única viagem não será suficiente para você conhecer a capital da Itália.

Pode ser que você esteja buscando qual será o seu próximo destino. Na dúvida, não deixe de considerar a possibilidade de ver o que fazer em Roma aqui abaixo.

Suas belezas têm a capacidade de serem estonteantes seja:

  1. Pelo tamanho
  2. Pela arquitetura de características únicas
  3. Ou mesmo pelo profundo teor histórico e religioso que carregam

Veja a seguir os locais que você pode conhecer (e se encantar) em Roma.

Saiba mais: Vagas de Emprego na Itália para quem fala Português

O que Fazer em Roma: Pontos Turísticos

Fontana di Trevi

O que Fazer em Roma: Pontos Turísticos fontana di trevi

É um dos pontos turísticos de Roma com a maior concentração de pessoas. É mais indicado fazer a visita ou muito cedo na parte da manhã ou muito mais tarde na parte da noite.

Roma foi construída no século XVIII por ordem do Papa Clemente XII e com autoria de Nicola Salvi.

Ela é não apenas o mais antigo reservatório de água da cidade. É também um dos retratos mais belos e autoexplicativos do estilo arquitetônico barroco.

Seu nome tem como motivação o fato de ser uma fonte (fontana) em um cruzamento de três ruas, sendo o ponto de encontro do local (significado de “trevi”).

O conteúdo histórico em que ela está inserida é incrível. Isso bem como a sua composição que representa:

  1. as quatro estações
  2. a força do mar
  3. e até mesmo conta um pouco da história do Império Romano

Você sabe qual é a tradição mais conhecida quando se fala na Fontana di Trevi? Todas as pessoas que jogam uma moeda na fonte fatalmente retornarão a capital italiana.

Tamanha é a adesão a esse costume que, segundo levantamento feito em 2017 pelo portal Euronews, a quantia arrecadada nas águas da fonte chegou a 1,4 milhão de euros (quase R$ 5,5 milhões) e foi revertida a instituições de caridade.

Saiba mais: Vagas de Emprego em Portugal para Brasileiros

Piazza Navona

O que Fazer em Roma Pontos Turísticos foto 2

Situado na região centro-oeste da cidade de Roma, mais precisamente no Parione, esse local reúne duas características que simplesmente não passam de forma alguma despercebidas por pessoas que visitam a capital italiana: construções belíssimas e uma gastronomia extremamente particular.

Ou seja, você aqui certamente vai se dividir entre alimentar a alma e repôr as energias.

Sua construção foi finalizada no Século XV e, assim como ocorreu com a Fontana di Trevi, também pela iniciativa de uma entidade papal (Papa Inocêncio X).

Ela se deu como uma maneira de criar outro ponto de frequentação por parte dos romanos e acabou inspirando a construção de três belas fontes que também seguem o estilo barroco:

  1. Fontana dei Quattro Fiumi
  2. Fontana del Moro
  3. e Fontana del Nettuno

Principalmente para os brasileiros que já pensaram ou ainda pensam em saber mais sobre como seria viver na cidade de Roma ou mesmo sentiu aquela saudade do sotaque brasileiro, vale informar que a embaixada brasileira na capital da Itália fica justamente na Piazza Navona.

Saiba mais: Governo Português Cria Acordo e Incentiva Brasileiros a se Mudarem para Portugal

Basílica de São Pedro

Resultado de imagem para basilica de sao pedro

É um verdadeiro templo da Igreja Católica e certamente um dos pontos de maior concentração de adeptos do catolicismo (e também de não-adeptos) em todo o planeta.

Apesar de estar incrustada em Roma, pertence ao território do Vaticano, região considerada como território independente da Itália e tendo sua própria administração, regida pelo Papa.

É, em extensão, o menor país do mundo, calculado em um espaço que não chega sequer a 500 m².

Dentro desse contexto geográfico e histórico, a Basílica surge como o verdadeiro símbolo do local e protagoniza os discursos, escolhas de novos papas e celebrações mais cultuadas pelos católicos apostólicos romanos que as acompanham na Praça de São Pedro que fica justamente em frente a Basílica.

Seu design tem uma altura que chega a 119 metros de altura que tiveram o projeto feito por um dos maiores artistas não só de seu tempo, mas de toda a história da arte: Michelangelo.

Tamanha é a imponência do local que tem seu nome em homenagem ao local onde foi crucificado e enterrado o Apóstolo Pedro que é possível ter uma vista quase que completa do Vaticano ao subir na cúpula da Basílica.

Saiba mais: Visto de Empreendedor D2 em Portugal

Coliseu

Seria absolutamente impossível e até mesmo um verdadeiro pecado fazer a citação dos principais pontos turísticos da cidade de Roma sem falar nas características únicas e marcantes que permeiam o Coliseu.

O que Fazer em Roma Pontos Turísticos foto 5

Um símbolo do poderio do Império Romano que é capaz de despertar sentimentos diversos como o espanto pelo seu estilo arquitetônico de tamanha beleza, existente desde 72 d.C., como também pelo assombro em imaginar que ali gladiadores, escravos e até mesmo animais fizeram parte de longas e agoniantes batalhas sangrentas.

Somente nessa parte da capital da Velha Bota, existe a estimativa de que 4 milhões de pessoas passem por ano.

Com isso, torna-se o ponto mais visitado em toda a cidade e não à toa é considerado também o maior símbolo de Roma.

Assim como em outros reinos e impérios, o Romano acreditava que uma das formas de entretenimento mais eficazes no sentido de manter o povo feliz (e acima de tudo distante de ideias rebeldes) eram as demonstrações de força em batalhas.

Sendo assim, mais de 70 mil pessoas costumavam lotar o Coliseu para assistirem longos combates que, na maioria esmagadora deles, terminava com a decisão de execução ou não do lutador derrotado.

Vale a consideração que, além de você conseguir visitar esse verdadeiro templo da história italiana e mundial, o mesmo ingresso pode ser utilizado para outros dois pontos turísticos: o Palatino e o Fórum Romano.

Saiba mais: Vantagens e Desvantagens de Morar em Portugal

Palatino

Além do simples fato de que você pode visitar depois de ter visto um lugar tão belo como o Coliseu, estar no Palatino é ver de perto aquele que pode ser considerado um ponto de partida para a própria criação da cidade.

Isso porque, na história contada pela mitologia romana, foi ali que os famosos gêmeos Remo e Rômulo foram abandonados e acabaram crescendo graças a uma loba.

Não a toa, no Museu do Vaticano, existe uma escultura onde duas crianças parecem ser amamentados pelo animal.

O que Fazer em Roma Pontos Turísticos Palatino

Para uma das versões existentes, ambos decidiram formar uma cidade, porém acabaram tendo desavenças dentro desse processo e Rômulo matou seu próprio irmão.

Em sua própria homenagem, o fundador do local acabou batizando o território que ficou por todo o sempre conhecido como Roma.

Além desse contexto histórico, o Palatino é uma região onde as construções hoje em ruínas transpiram a cultura local.

Seja pelo contexto de registros arqueológicos importantes como principalmente pelo fato de terem sido locais onde moraram diversos imperadores romanos, tais como:

  1. Augusto (27-14 d.C.)
  2. Tibério (14-37 d.C.)
  3. e Domiciano (81-96 d.C.)

Fórum Romano

Também anexo a visita do Coliseu está o Fórum Romano. Esse é um outro ponto de o que fazer em Roma.

Saiba mais: +10 Cursos de Inglês Online Grátis

Essa é uma região principalmente conhecida na cultura do Império Romano como o verdadeiro centro pulsante nesse período dentro das esferas cívicas, econômicas e porque não arquitetônicas já que, apesar de ter sido erguido com propósito totalmente diferente, também abriga na sua estrutura belas obras de um design inigualável.

  1. Ele surgiu já no Século VII graças ao desejo de concentrar as principais decisões dos diversos pontos que afetavam e afetam a sociedade romana
  2. administrativo
  3. político
  4. legislativo
  5. e etc…

Porém, com as demandas sendo cada vez maiores e mais complexas, o passar dos anos fez com que a estrutura do Fórum precisasse constantemente de ampliações. Mesmo sendo erguidas sem muita preocupação com o sentido estético, formam um belo e histórico ponto turístico de Roma.

Tamanha se tornou a sua complexidade que, dentro dele, estão diversos templos (dos Dioscuros, de Antonino e Faustina, de Rômulo, de Saturno, de Vespasiano, entre outros), Arcos (de Tito e de Severo) e até mesmo Basílicas (Emília e de Maxêncio).

Pantheon

Um verdadeiro templo religioso que teve como intuito inicial fazer a exaltação de diversas frentes religiosas. Isso apesar de ter sido erguido na cidade com forte influência e resistência do catolicismo. Mais um ponto turístico com o que fazer em Roma.

Se houvesse a necessidade de fazer uma definição do que representa o Pantheon (em grego “todos os deuses) certamente ela deveria caminhar por esse rumo, pois é exatamente isso que essa estrutura tem como meta inicial.

Ele foi construído em 27 a.C. e passou por uma reforma no ano de 2 d.C.

Até hoje, o Pantheon é extremamente preservado e mantido grande parte de suas linhas originais.

O que Fazer em Roma Pontos Turísticos foto 8

O responsável pela sua construção tem o nome gravado em latim que aparece na parte frontal do Pantheon: está escrito: “Construído por Marco Agripa, filho de Lúcio, pela terceira vez cônsul.”

Apesar de séculos depois ter sido elencado como um templo da religião católica, ele segue com sua arquitetura externa preservada.

A maioria de sua decoração interna está repaginada para a colocação de obras que exaltam bastante o cristianismo.

Saiba mais: 10 Formas de Como Conseguir o Green Card Americano

Além de ser local onde estão enterradas:

  1. figuras marcantes para a história de toda a Itália como o pintor Rafael Sanzio
  2. o primeiro rei da Itália, Vittorio Emannuele II de Saboia e a rainha Margherita, inspiradora do nome dado ao famoso sabor de pizza

Castelo de Sant’Angelo

Castelo de Sant’Angelo é mais um ponto de o que fazer em Roma.

O local já teve suas funções várias vezes modificadas de acordo com a necessidade que o momento histórico clamava.

Seu primeiro objetivo era simples: fazer da imponente estrutura que fica bem próxima do Vaticano e às margens do Rio Tevere o mausoléu de sua família.

Não à toa um dos nomes que também é dado a estrutura é de Mausoléu de Adriano.

Saiba mais: Onde Encontrar Trabalho no Exterior

O que Fazer em Roma Pontos Turísticos foto 9

No entanto, devido também a sua estrutura suntuosa e de larga proteção com muros altos e resistentes, mais de 300 anos depois o Castelo acabou sendo adaptado para a utilização como um forte militar durante o período do Império.

Nesse momento, a sua disposição original foi alterada essencialmente com o levantamento do que ficou conhecido como Muralha Aureliana. Ele é um dos gigantescos muros criados pelo imperador Aureliano.

Já no período medieval, os papas fizeram uso do Castelo de Sant’Angelo como uma verdadeira fortaleza de proteção.

Naquela altura, as Cruzadas (período de retomada de territórios por parte da Igreja mediante a força) estavam a todo vapor.

Na atualidade, o local serve como museu aberto ao público e é um dos pontos turísticos de Roma.

Dicas importantes para os pontos turísticos de Roma

É sempre bom viajar, saber o que fazer em Roma e conseguir enriquecer a sua cultura, mas é ainda melhor conseguir absorver o máximo dessa experiência.

Saiba mais: Países que Oferecem Visto de Trabalho para Brasileiros Fora da sua Profissão

Pensando exatamente nisso, temos algumas dicas que vale bastante a pena você anotar e ficar esperto quando for a capital italiana:

  1. Procure fazer a visitação dos pontos mais populosos (Fontana di Trevi, Coliseu etc.) em horários alternativos. Assim você sofrerá menos com a excessiva quantidade de turistas dos pontos de o que fazer em Roma;
  2. Para os locais que exigem a compra de ingressos, é fortemente aconselhado que você procure fazer sua compra via internet ou de maneira antecipada. As filas dos principais pontos turísticos em Roma na compra dos bilhetes costuma ser grande independente da época.
  3. Caso você esteja querendo se livrar de pessoas te importunando, fique atento pois, na Fontana di Trevi, é possível que alguém tente te cobrar uma simples foto tirada aparentemente por “cortesia”;
  4. Dê preferência para a movimentação a pé na maior distância que você conseguir. Assim como em várias cidades do Brasil, o trânsito de Roma não é fácil de se lidar, logo deixe para ficar preso no tráfego somente se for estritamente inevitável.
  5. Além de todas as dicas citadas, existem diversos museus e restaurantes que você pode e precisa conhecer. Aproveite sua estadia e vá aos poucos ampliando seu conhecimento sobre a cidade!

Outros Artigos

Se você gostou desse artigo com o que fazer em Roma e os pontos turísticos, que tal esses outros?

  1. Passaporte para a Fluência – Como Falar Inglês Fluente em 8 Semanas
  2. Como Morar em Portugal
  3. Governo Português cria Acordo e Incentiva Brasileiros a se Mudarem para Portugal
  4. Vagas de Emprego em Portugal para Brasileiros em 2017
  5. 10 Cursos de Inglês Online Grátis
  6. 30 Passos de Como Morar nos Estados Unidos Legalmente
  7. 10 Formas de Como Conseguir o Green Card Americano
  8. Onde Encontrar Trabalho no Exterior
  9. As 10 Melhores Cidades dos Estados Unidos para Viver
  10. Países que Oferecem Visto de Trabalho para Brasileiros Fora da sua Profissão
  11. Os 12 Melhores Destinos para Trabalhar Fora do Brasil
  12. Vantagens e Desvantagens de Morar em Portugal

Até o próximo artigo,

Paulo Roberto

Resumo
Data do review
Reviewed Item
→ O que Fazer em Roma: Pontos Turísticos
Author Rating
51star1star1star1star1star

Comentários

comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
error: Conteúdo protegido!